Artigos

Projeto Discipulando Crianças, Mudando Vidas !

A revista Ensinador Cristão publicou nesta última edição o projeto do primeiro colocado do Prêmio Professor de ED do Ano 2016. O trabalho pertence à Renata de Souza Santos Damasceno. Ela é formada em Letras e tem dois MBA’s, sendo um deles na Gestão de Projetos. Atualmente ela atua como coordenadora do Departamento Infantil e Professora dos Primários na AD Bonfim, em Salvador (BA).

Em especial nos dias atuais, a Escola Dominical tem papel fundamental na vida Cristã. A ED permanece, sendo a principal agencia de ensino da Palavra de Deus e isso ratifica a importância de projetos como esse, que trabalham no ambiente de aprendizado e socialização trazendo resultados que culminam em mudança no contexto social do cristão. O desejo do meu coração sempre foi ajudar a transformar a vida das pessoas e a Palavra de Deus é a única ferramenta pertinente nessa jornada.

A cidade de Salvador tem hoje cerca de 2.938.092 habitantes (IBGE,2016), cerca de 10% desse contingente reside em bairros da região suburbana da cidade, onde vivem aproximadamente 286.115 habitantes. Um dos bairros dessa região é o bairro do Uruguai. O Uruguai surgiu de um processo de invasões de terrenos alagadiços e da luta de seus moradores, como outros bairros da Península Itapagipana, enfrenta uma baixa infraestrutura de esgotamento sanitário e de segurança pública.

O bairro do Uruguai é conhecido pela sua baixa renda e contexto social carente. A presença ativa de usuários e traficantes de drogas contrasta com uma quantidade grande de crianças que brincam pelas ruas, desprovidas de um ambiente de escolarização adequado para garantir que estejam afastadas da marginalidade e do fracasso social.

Estamos falando de um alto índice de crianças e jovens que singram pelas ruas desprovidos de direcionamento e sujeitos ao pecado e à morte.

Falta de saneamento básico e drenagem estão entre os problemas de infraestrutura enfrentados pelos moradores do bairro, além disso, a região possui altos índices de violência e mortalidade. Se considerarmos a população da região em questão, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes ao ano (referência utilizada pela ONU para medir a violência) varia entre 61 e 90 homicídios. O índice considerado aceitável pela Organização Mundial de Saúde da Organização das Nações é de 10 homicídios por 100 mil habitantes.

O tema central desse projeto é garantir a atuação da Escola Dominical no processo de evangelização, destacando que o conhecimento bíblico garante uma mudança de vida espiritual, intelectual e social. Essa ação tem proporcionado uma experiência educativa integralmente ligada ao Currículo de Escola Dominical proposta pela CPAD. No último trimestre de 2016 trabalhamos ativamente “O desafio da Evangelização” iniciando os trabalhos no ambiente descrito anteriormente.

A temática aqui é a evangelização, discipulado e acolhimento de crianças na nossa igreja.

Entendemos que a ED não deve ser um programa de discipulado apenas de seus membros efetivos ou descendentes, tampouco deve selecionar alunos causando separação e um abismo social, a ED deve permitir um aprendizado prático, um processo de ensino-aprendizagem proporcionado por Deus, através de sua Palavra, pelo Poder do Espírito Santo, transmitindo valores e princípios divinos. Ela precisa ser ativa em defender as causas sociais, o amor, cuidado e a evangelização e esse é o nosso objetivo com o projeto: “Discipulando Crianças, Mudando Vidas”

Nosso projeto tem levado a ED até essas crianças. O projeto que iniciou com o transporte de 11 crianças, hoje recebe, cuida e ensina 21 crianças ativas e matriculadas na Escola Dominical.

Nosso objetivo não é apenas aspergir gotas de conhecimento bíblico, mas, garantir que as vidas de cada criança e seus familiares sejam impactadas à medida que elas crescem na graça e no conhecimento.

• As crianças diretamente atingidas pelo projeto têm entre 05 e 12 anos de idade.

• Este projeto tem duração contínua e permanente, não tendo data para término.

• Este projeto está sendo executado com objetivos de curto, médio e longo prazo. Nossa estimativa é atender um número maior de crianças além de adolescentes e jovens, mas para isso carecemos de investimentos substanciais motivo pelo qual estamos aguardando a providência Divina para próximos passos.

• Esse projeto não se resume ao transporte, mas envolve o acolhimento e cuidado dessas crianças permitindo que estejam em um ambiente totalmente apropriado para o aprendizado.

A justificativa para nos gastarmos nessa obra é a missão de fazer discípulos. O ensino da Palavra de Deus deve romper as barreiras físicas e permitir educação cristã. Por muito tempo ensinamos nossas crianças que era necessário levar as boas novas de salvação, mas, a prática disso não era exercitada na igreja. Levar o ensino bíblico para além das fronteiras da igreja, atendendo a um público entrincheirado pelo mundanismo e pecado é não só uma oportunidade, mas uma obrigação da igreja. Somos gratos à CPAD pelo currículo que nos ajuda a traçar objetivos de aprendizado, cada temática nos leva a planejar uma atuação mais assertiva transformando teoria em prática!

Através de um Plano de ação de começa no transporte das crianças até a disponibilização de recursos e o fomento ao aprendizado e desenvolvimento de cada criança, com diferentes estratégias para a busca contínua da melhoria dos resultados.

O projeto Discipulando Crianças, Mudando Vidas pretende, acima de tudo, colaborar na evangelização infantil com ações efetivas para a garantia do acesso das crianças ao ensino da Palavra de Deus, acreditando e apostando na educação e transformação individual. Entre os objetivos específicos estão:

• Ganhar mais crianças para Jesus através do ensino da palavra na ED.
• Aumentar o número de matriculados na Escola Dominical.• Crescimento de visitantes na ED.
• Formar novos professores para atuação na ED.
• Realizar campanhas de doação missionária regional.
• Dobrar o número de salas disponíveis para atendimento às crianças.
• Adotar um projeto de atendimento psicopedagógico na comunidade do Uruguai.
• Implementar uma biblioteca cristã com acervo completo para aperfeiçoamento de discentes e docentes.

Existem muitas dificuldades para a manutenção desse projeto, organizar a logística para pegar 21 crianças (e às vezes pais) hoje é o mais complexo problema a ser resolvido, pois contamos com carros voluntários e nem sempre existe disponibilidade necessária. Às vezes é necessário fazer até quatro viagens para garantir a transporte de todas as crianças. Além disso, por ser uma comunidade com altos índices de violência, a falta de um carro padronizado para acessar o local gera certa insegurança. Esse é um desafio que ainda precisamos vencer, mas cremos na vitória que Deus já nos garantiu!

Somos gratos a Deus pela oportunidade de apresentar esse projeto à CPAD na esperança de que ele possa incentivar outras igrejas a seguirem por esse caminho da evangelização.

Temos expectativa de que o reconhecimento desse trabalho nos permita investir 100% dos recursos no prêmio na igreja, e nesse que hoje é nossa principal frente: A evangelização de crianças pelo mundo!

“Entretanto, onde o Evangelho foi proclamado e aceito, nova alegria e Esperança substituíram o desespero predominante” (Shedd, 2013, p. 26).

Fonte: Revista Ensinador Cristão, ano 19, edição 75 (jul/ago/set de 2018).

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.