Lição 1 - Sacrificado? Eu?

2º Trimestre de 2019

ESBOÇO DA LIÇÃO:
A PROMESSA DE TER UM FILHO
PEDIDO EM SACRIFÍCIO
OBEDIENTE, NÃO QUESTIONOU
A PLENA CONFIANÇA É RECOMPENSADA

OBJETIVOS
Levar os alunos a confiar em Deus;
Crescer que na fé;
Crer no poder de Deus.

Prezado professor, prezada professora,

O propósito deste trimestre é apresentar a vida de alguns adolescentes da Bíblia, como eles viveram e reagiram às experiências com Deus. A Palavra de Deus está repleta de exemplos de adolescentes e jovens, tanto moços quanto moças, que guardaram a fé e viveram para a glória do Altíssimo. Por isso, o tema do trimestre: Adolescentes da Bíblia. 

A Bíblia revela grandes ensinamentos a partir das vidas desses jovens adolescentes, que mais tarde tornaram-se grandes lideranças em Israel. Logo, a ênfase deste trimestre é mostrar ao adolescente cristão que não há idade para se viver uma vida íntegra na presença de Deus, pois Ele pode e deseja usar a vida deles de maneira poderosa em nossas igrejas e na sociedade.

A primeira personagem a ser analisada nos estudos deste trimestre é Isaque, filho de Abraão. Por isso, disponibilizamos um trecho do Dicionário Bíblico Wycliffe que traz importantes informações sobre esse jovem que se tornou um grande homem no período patriarcal dos isrealitas:

ISAQUE O nome dado por Deus antes do nascimento da criança (Gn 17.19) significa ‘ele ri’, ‘aquele que ri’, ou simplesmente ‘riso’. Veja referências a riso em Gênesis 17.17; 18.12-15; 21.6.
História. Isaque nasceu (provavelmente em Gerar) de Abraão e Sara quando estes tinham a idade de 100 e 90 anos, respectivamente. Ele foi o primeiro a ser circuncidado no período normal, quando tinha oito anos de idade (Gn 21.4), em reconhecimento à promessa da aliança (Gn 17.2-17). A presença de Agar e de seu filho Ismael foi um fator perturbador na família da aliança, e por ordem divina eles foram mandados embora. Se os eventos são narrados em ordem cronológica, Ismael teria nessa época cerca de 16 ou 17 anos; ele é retratado na história como um jovem imaturo que sofreu de exaustão antes de sua mãe (Gn 21.15,18). Mas já tinha idade suficiente para ser um zombador (v.9)!
Nada é conhecido sobre os dias da infância de Isaque. Em seguida, vemo-lo grande e forte o suficiente para carregar a madeira para o fogo do altar subindo a montanha, não sabendo que ele mesmo seria colocado no altar. A experiência de ter sido amarrado como uma vítima de sacrifício e então liberto pela intervenção divina deve ter afetado profundamente toda a sua vida (Dicionário Bíblico Wycliffe, CPAD, p.989).

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.