Lição 10 - O Deus que Fala

1º Trimestre de 2019

Texto Bíblico: Atos 8.1-3; 9.1-19

Prezado(a) professor(a),

Na aula desta semana seus alunos aprenderão que Deus fala conosco e manifesta a sua presença de diferentes formas. Deus falou por diversas maneiras através de seus servos, os profetas, mas agora nos tem falado nestes últimos tempos por intermédio de seu Filho (Hb 1.1). Sendo Cristo o precursor que veio e cumpriu a missão que o Pai o designou, de morrer na cruz e pagar o preço pela salvação do homem, prometeu também que rogaria ao Pai que enviasse o Espírito Santo para guiar, instruir e consolar a igreja (cf. Jo 14.16,26).

Assim como Paulo, que teve um encontro com Jesus e foi guiado pelo Espírito em sua nova jornada de fé, nós também podemos, sob a égide do mesmo Espírito fazer a vontade de Deus e servi-lo em sua obra.

Ele conhece como uma pessoa (a mente)

E Espírito Santo é mais que uma força; é uma Pessoa com um caráter próprio. A Bíblia ensina que é por intermédio do Espírito Santo que Deus nos conhece plenamente. É a mente do espírito que ajuda a modelar a vida dos cristãos.

Jesus declarou que o Espírito Santo lembraria os apóstolos das palavras e ensinamentos que lhes entregara. O Espírito fala (como nas cartas às sete igrejas de Apocalipse), intercede em favor dos cristãos e os assegura que pertencem a Cristo.

Ele sente como uma pessoa (a emoção)

Em virtude de o Espírito Santo ser uma Pessoa, não é de surpreender descobrir que Ele pode sentir emoções, conforme entendermos o termo, pois os seres humanos foram feitos à imagem de Deus.

Em razão disso, é possível entristecer o Espírito Santo. Ele também pode ser insultado — e, portanto, temos de ser cuidadosos com o que dizemos e fazemos a fim de não insultar o Espírito que habita em nós. A Bíblia desafia-nos a trazer glória para Deus por meio da qualidade de nossa vida e caráter. Dessa forma, agradecemos o Espírito Santo.

Ele age como uma pessoa (a vontade)

O mesmo Espírito que estava envolvido com a criação, que equipou os líderes de Deus no passado e inspirou os profetas é o Espírito que veio em poder sobre a Igreja Primitiva e agiu nela e por intermédio dela. Ao longo de toda a Bíblia, podemos ver sua personalidade ativa.

Por exemplo, o Novo Testamento mostra-nos que Ele convence as pessoas de seus pecados (como aconteceu no Dia de Pentecostes). Ele lidera e instrui os seguidores de Cristo. Em outras passagens do Novo Testamento, Ele proíbe alguns cursos de ação e aponta os líderes para a igreja. Dessa forma, vemos que o Espírito é uma pessoa que age decididamente para executar os planos de Deus.

(Texto extraído do Guia Cristão de leitura da Bíblia. Rio de Janeiro: CPAD, 2013, p. 446).

Por Thiago Santos.
Educação Cristã. CPAD.  

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.