Lição 13 - O Deus Salvador

1º Trimestre de 2019

Texto Bíblico: Isaías 9.1-7; Mateus 1.18-25.

Olá caro professor,

Estamos chegando ao final de mais um trimestre e esperamos que seus alunos tenham conhecido melhor a pessoa de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Na lição desta semana seus alunos aprenderão a verdade essencial anunciada pelo anjo enviado pelo Senhor que diz respeito ao nascimento do Salvador. A vida de Jesus, sua morte e ressurreição é o assunto central das Escrituras. Antes de conhecer qualquer fato da história bíblica é fundamental que seus alunos conheçam a história de Jesus. É crendo nEle e o reconhecendo como único e suficiente salvador que seus alunos alcançarão a salvação.

Os fatos que envolvem a pessoa de Jesus foram anunciados previamente no Antigo Testamento. Todas as informações encontradas nos registros bíblicos apontam para Jesus Cristo. Ele é o Filho de Deus, o Messias Prometido, o Príncipe da Paz que havia de vir para restaurar não apenas a história da nação de Israel, ma também de toda a humanidade. A verdade que Deus havia anunciado por intermédio dos seus servos, os profetas, agora haveria de se concretizar. O Salvador da humanidade nasceria numa humilde estribaria e viveria de forma santa como homem nenhum havia vivido antes dEle e nem jamais haverá.

A declaração do anjo tanto a José quanto a Maria revela algumas verdades acerca do menino que havia de nascer. A seguir, vejamos com maiores detalhes, o estudo do Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento (2007, pp. 10,11):

E lhe porás o nome de Jesus (1.21). É significativo que o anjo tenha dito isso a José. Era um privilégio para o pai dar o nome ao bebê, e ao dar o nome ao bebê o pai reconhecia formalmente o filho como sendo seu. Assim, o Anjo do Senhor estava instruindo José não somente a cumprir o contrato de casamento com Maria, mas também a criar Jesus como sendo seu próprio filho. Sem dúvida, os vizinhos de Nazaré nunca suspeitariam da verdade a respeito do nascimento de Jesus.

Ele será chamado pelo nome de Emanuel (1.23). O nome de Jesus, como diz o texto, significa ‘Deus conosco’. Aqui, ‘ele será chamado’ não significa tanto ‘chamar’, mas sim ‘reconhecer’. Jesus afirmava que quem O visse teria visto o Pai (Jo 14.9). Somente aqueles que reconhecessem Jesus como Deus, nascido para estar conosco e por nós, teriam compreendido a verdade que Mateus tem o intuito de transmitir.

Belém (2.6). A palavra significa ‘casa de pão’. Nos tempos da Bíblia, ‘pão’ significa ‘comida’, essencial para manter a vida biológica. Como o ‘pão do céu’, nascido nesta ‘casa do pão’, Jesus sustenta a vida espiritual eterna.

A partir dessas informações, verifique com seus alunos se eles conhecem a história de Jesus com detalhes. Você pode elaborar um questionário com perguntas sobre a vida de Jesus e episódios do seu ministério e utilizar como forma de testar os conhecimentos de seus alunos. Se preferir, organize uma gincana, divida a classe em grupos e distribua os questionários. Dê um tempo para os seus alunos responderem o questionário consultando a Bíblia. Ao final, faça a pergunta para os grupos e peça que um representante de cada grupo leia as respostas.

Por Thiago Santos.
Educação Cristã. 

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.