Lição 2 - Abraão, o amigo de Deus

4º Trimestre de 2020

Texto bíblico – Gênesis 15.6; 18.9-14; 21.1-4.

Prezado(a) professor(a),

Na lição desta semana seus alunos conhecerão a respeito de mais um servo de Deus que teve fé e coragem para vencer os desafios e se tornar um herói da fé. Abraão ouviu a voz de Deus e obedeceu, mesmo quando as circunstâncias não eram nem um pouco favoráveis. Ele já era de idade avançada, sua esposa era estéril e sua família vivia na idolatria. Tudo que Abraão sabia a respeito de Deus era que Ele o havia chamado pelo nome e lhe feito promessas. Mesmo assim, o patriarca escolheu confiar no Senhor.

Abraão não carregava uma Bíblia em suas mãos para que pudesse ler e crer num Deus que tem todo o poder sobre os céus e a terra. Ainda assim, Abraão creu e a sua experiência de vida seria a própria Bíblia de que precisava para mostrar que, mediante a fé, somos alcançados pela graça de Deus. É simples assim: “Abraão creu em Deus, o SENHOR, e por isso o SENHOR o aceitou” (Gn 15.6). Ele não foi aceito, ou justificado, como algumas versões bíblicas apresentam, porque era melhor ou mais certo do que outros de sua geração. Mas porque teve fé em um Deus que o aceitaria por bondade e graça.

A história de Abraão tem muito a nos ensinar no que se refere à fé. Muitas vezes compreendemos mal a graça e a bondade de Deus para conosco. Até mesmo seus alunos podem ter sido criados sob um julgo e aprenderam erroneamente sobre o mérito. Muitos foram ensinados que não são dignos de receberem nada das mãos de Deus se não fizerem por onde. Mas Deus nos abençoa por seu amor e graça, Ele nos ensina que devemos obedecê-lo de bom grado e vontade. Ele não espera adoração forçada de um coração que não almeja fazer a sua vontade ou agradá-lo. Pelo contrário, o Senhor está à procura de adoradores que o adorem em espírito e em verdade (cf. Jo 4.23). A fé não nos leva a uma obediência sincera, pois todos os que experimentam do verdadeiro “novo nascimento” em Cristo têm o prazer em fazer a sua vontade (cf. 1 Jo 5.4,5).

A Bíblia de Estudo Pentecostal (1995, p. 50) comenta alguns detalhes da natureza da fé que Abraão manifestou em Deus:

[...] A promessa de Deus a Abraão e a sua bênção sobre ele, estendem-se, não somente aos seus descendentes físicos (isto é, os judeus crentes), como também a todos aqueles que com fé genuína (Gn 12.3) aceitarem e seguirem a Jesus Cristo, a verdadeira ‘posteridade’ de Abraão (Gl 3.14,16). Todos os que são da fé como Abraão, são ‘filhos de Abraão’ (Gl 3.7) e são abençoados juntamente com ele (Gl 3.9). Tornam-se posteridade de Abraão, herdeiros segundo a promessa (Gl 3.29), o que inclui o receber pela fé ‘a promessa do Espírito’ em Cristo Jesus (Gl 3.14 nota). (6) Por Abraão possuir uma fé em Deus, expressa pela obediência, dele se diz que é o principal exemplo da verdadeira fé salvífica (15.6; Rm 4.1-5,16-24; Gl 3.6-9; Hb 11.8-19; Tg 2.21-23; ver 15.6 nota). Biblicamente, qualquer profissão de fé em Jesus Cristo como Salvador que não requer obediência a Ele como Senhor não é a classe de fé que Abraão possuía e, portanto, não é a verdadeira fé salvífica (ver Jo 3.36 - nota).

Que tipo de fé seus alunos têm manifestado em Jesus Cristo? Uma fé que declara adoração somente com os lábios, tendo o coração distante do Senhor? Ou uma fé que tem se transformado em atitudes de um caráter que se permite ser moldado pelas mãos de Deus? Certamente, o que se espera dos servos de Deus é uma conduta que vá além das palavras, pois as pessoas não observam apenas o que é falado, mas, principalmente, como o indivíduo se comporta.

Esta é uma excelente oportunidade para ensinar seus alunos a confiarem no Senhor mesmo quando Ele pede alguma coisa que não compreendemos o motivo de tal pedido. Para ilustrar esta verdade, divida a classe em duplas. Um dos alunos da dupla deverá ser vendado. Peça que os demais alunos da dupla façam um círculo. Prepare bolas de aniversário de diferentes cores, coloque o versículo do dia dentro de uma delas e solte-as na sala. Vence a disputa o aluno que conseguir estourar as bolas, encontrar primeiro o versículo e entregar ao seu amigo da dupla. Durante a brincadeira o parceiro de dupla pode ajudar dando dicas.

Tenha uma excelente aula!

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.