Lição 3 - Papai do Céu fez as plantas

3º Trimestre de 2019

Objetivo da lição: Apresentar a obra de Deus no terceiro dia da criação: separar da água a terra seca e criar as plantas.

Para guardar no coração: “[...] Que a terra produza todo tipo de vegetais [...]” (Gn  1.11).

Perfil da criança 
“A criança desta faixa etária pensa em Deus de maneira pessoal. É comum ouvir crianças de 3 e 4 anos perguntando se Deus tem boca, como é o cabelo de Deus, se Ele é velho, etc. Não devemos rir ou menosprezar tais indagações; elas refletem o interesse dos pequeninos na pessoa do Pai Celeste. Eles são capazes de amar profundamente a Deus e dar-lhe o verdadeiro louvor.
Não se esqueça de que os seus alunos nasceram com o impulso da busca de Deus, e você deve aproveitar as lições desse trimestre para apresentar-lhes o Papai do Céu, não como a folclórica e mentirosa figura do velhinho de barbas brancas, mas como o Deus Criador, poderoso e amoroso, vivo e real. Leve-os a ter a correta visão de quem é Deus e do que Ele fez e faz por eles. As histórias de Deus formando o ser humano, dando-lhe inteligência, saúde e coragem, fortalecendo-o com a sua alegria, falando com ele, recebendo a sua oferta e comprazendo em relacionar-se com ele, despertarão nos alunos do maternal uma doce amizade com o Senhor Deus. Eles o amarão e confiarão nEle como o Papai do Céu, e tudo farão para agradá-lo” (Marta Doreto).

Mensagem para a professora

“Ó meu Deus, peço que mandes de volta o homem de Deus que enviaste, para ele nos ensinar o que devemos fazer com o menino quando nascer”. Esta foi a oração de Manoá, quando sua esposa deu-lhe a notícia trazida pelo anjo (Jz 13.8 NTLH). E quando o anjo novamente se apresentou, a sua preocupada indagação foi: ‘Qual será o modo de viver e serviço do menino?’ (v.12).
Esta deve ser a preocupação e indagação de todo pai, por cada um de seus filhos. Cada ser humano que nasce traz consigo uma missão dada pelo Pai Celeste. Nem todos a cumprem. O dever dos pais é buscar a revelação e a orientação divinas para o viver de cada filho. Deus não se negará a fornecê-las, pois é o principal interessado no cumprimento de seus propósitos na vida de cada pessoa. As explicações do anjo aos pais de Sansão foram claras. De igual modo, Deus iluminará os pais quanto à maneira de criar os filhos e prepará-los, através dos estudos apropriados, para aquilo que haverão de ser. Deus indicará o curso a seguir, através da inclinação natural que a criança manifestará desde o nascimento, bem como por meio das oportunidades que fará surgir em sua vida. Os pais só têm de estar com a percepção espiritual aguçada e com o coração predisposto ao querer divino.
E você, como professora, pode ser um instrumento valioso na concretização dos propósitos de Deus para os seus alunos. Ore por cada um deles, perguntando ao Senhor: ‘Qual será o modo de viver e serviço desta criança? O que eu posso fazer para ajudá-la a ser aquilo que o Senhor idealizou?’ Ore também pelos pais de cada aluno, para que o Senhor lhes dê as condições espirituais, morais, e financeiras necessárias à formação da criança, segundo o ideal de Deus para ela” (Marta Doreto).

Oficina de ideias
Providencie folhas de papel ofício, tinta guache, pincéis e algumas folhas de plantas (não tóxicas — abacateiro, goiabeira).  Oriente as crianças para que passem a tinta guache na folha (na parte que tem as ranhuras) e depois carimbem na folha de papel ofício. Enquanto realizam a atividade diga que o Papai do Céu fez as plantas. Depois coloque em um lugar para secar.

Até logo

Depois de repetir o versículo e o cântico do dia, encerre a aula com uma oração. Recomende às crianças que peçam aos pais para ler-lhes as histórias do Livro do Começo em casa.  

Deus abençoe a sua aula e os seus alunos!

Telma Bueno
Editora Responsável pela Revista de Maternal 

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.