Lição 2 - Crescimento Saudável

2º Trimestre de 2019

A lição de hoje encontra-se em: 1 Timóteo 4.8.

Caríssimo(a) professor(a),

Na aula desta semana seus alunos terão a oportunidade de dialogar a respeito do crescimento saudável. E quando falamos crescimento não estamos nos referindo somente ao crescimento físico, mas também ao crescimento psíquico e espiritual. E para tanto é preciso manter alguns cuidados, a disciplina e o equilíbrio para que o pré-adolescente não somente cresça, mas cresça de forma saudável. Cuidar do corpo, da mente e da alma não se trata de vaidade, mas de pensar na qualidade de vida que temos vivido. O adolescente na fase de crescimento precisa estar interado com esses detalhes.

“Tempo de Crescer.

Uma excelente maneira de o adolescente conquistar a felicidade é mediante a orientação sobre a forma correta de crescer e viver. A Bíblia diz que a boa árvore produz frutos bons:

‘Assim, toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos, nem a árvore má dar frutos bons. Toda árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo’ (Mt 7.17-19).

A árvore deixa uma simples lição de vida para todo o ser humano demonstrando que as etapas de crescimento são normais, pois tudo na árvore está sendo preparado para uma farta frutificação. O fruto perfeito e gostoso justifica todo o trabalho e dedicação gasto com a planta. Não adianta ser uma planta muito bonita ou bem cuidada; para indicar que a árvore é boa, ela tem que produzir frutos bons. A qualidade dos frutos é analisada pelo tamanho, perfeição e sabor. Só neste último estágio é que todos podem louvar pelo resultado de todo o processo do plantio.

Na vida prática, isso significa que todo o investimento de pais e líderes na educação de um adolescente tem a finalidade de prepará-lo para uma frutificação abundante no futuro. O temperamento é um dos aspectos mais importantes na constituição da vida frutífera. Quantos jovens não alcançam alvos para a sua frutificação por causa do gênio difícil, insubmissão, preguiça e desobediência a todos os padrões estabelecidos pelos pais e líderes? Esses precisam ser ajustados urgentemente.

Os responsáveis pelo ensino precisam estar atentos a tudo o que diz respeito às reações e atitudes dos adolescentes diante de problemas, escolhas, e situações. É tempo de ajustar e consertar temperamentos, para que o jovem não sofra no futuro: ‘Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo’ (Mt 7.19). O apóstolo Paulo também fala da importância dos frutos na vida do homem. As características pessoais precisam se ajustar às características espirituais. Essa união vai garantir excelentes frutos. No livro de Gálatas, encontramos os frutos ideais que todo cristão precisa dar: ‘Mas o fruto do Espírito é: caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, fé, mansidão, temperança. Contra essas coisas não há lei’ (Gl 5.22,23).”

(Texto extraído do livro Os Maravilhosos Anos da Adolescência. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, pp. 53,54). 

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.