Lição 11 - O Cuidado com Certas Festas

4º Trimestre de 2019

A lição de hoje encontra-se em: 1 Coríntios 6.12-14.

Caro(a) professor(a),

A lição desta semana tem como proposta alertar seus alunos a respeito de certas festas que podem parecer não haver problema algum, afinal de contas, é tão natural sermos convidados para uma festa. Acontece que não estamos falando de qualquer festa. Há festas que são realizadas em certos lugares onde ocorrem coisas que não agradam a Deus. São festas que apresentam o pretexto de levar muitos à diversão, mas, na verdade, estão levando muitos à destruição. 

Não há nada demais o crente comparecer a uma festa de aniversário de um amigo, a um casamento ou mesmo a uma festa da família. Além do mais é importante que o crente compareça a uma festa da família como forma de demonstrar consideração e carinho com os demais familiares. Há muitas pessoas que após se converterem, esquecem-se de seus familiares e acham que não devem mais visitá-los, porquanto agora fazem parte da igreja e não têm mais tempo para dar atenção aos familiares. Mas a Palavra de Deus nos ensina que se não cuidarmos daqueles que fazem parte da nossa família, já negamos a fé e somos piores do que os infiéis (cf. 1 Tm 5.8), visto que, conhecendo o evangelho não estamos tendo a preocupação com a salvação de nossos próprios familiares. Isso é muito desagradável aos olhos de Deus.

As festas de que estamos falando são aquelas que levam muitos adolescentes a pensarem que vão se divertir, quando, na verdade, estarão experimentando toda sorte de prazer da carne. Sem contar que muitos, por conta da curiosidade, acabam experimentando drogas, bebidas e conhecendo tudo o que faz parte do mundanismo. São adolescentes e jovens que, por não conhecerem o que Deus tem para lhes oferecer, decidem aceitar os convites e ofertas que são chamativas e aguçam a vontade da carne.

Muitos pensam que, após adquirirem certas experiências na carne ou em contato com o mundo, podem se tornar mais experientes e sabidos com relação à vida. Mas não sabem que podem estar trilhando um caminho sem volta, frequentando o lugar errado, se envolvendo com a pessoa errada e fazendo a coisa errada. Infelizmente não são poucos os que trilham por esse caminho. Entretanto, esperamos que seus alunos perseverem no caminho certo até o fim, pois Cristo não tarda em voltar.

O apóstolo Paulo deixou registrado na Carta que escreveu aos coríntios, que há coisas que são lícitas ao servo de Deus fazer, mas há outras que não convêm (1 Co 6.12). Há certos comportamentos que são permitidos aos crentes, porém, há outros que não correspondem ao ensinamento das Sagradas Escrituras. Embora esta seja uma crítica de Paulo àqueles que achavam que podiam fazer tudo o que bem entendessem com seus corpos, a mesma serve de modelo para compreendermos que não fomos feitos para satisfazer as nossas próprias vontades, mas sim a vontade daquEle que nos resgatou do domínio das trevas para o Reino de seu Filho Amado (Cl 1.13).

Laurence O. Richards discorre em o Comentário Histórico-Cultural do Novo Testamento (2007, p. 334):

[...] Paulo está dizendo que Cristo redimiu nossos corpos. Ele nos levantou da corrupção da sepultura que marcava nossa vida velha, e se uniu a nós com uma ligação indestrutível. Nesta união, tudo o que fizermos deve ser a expressão de Jesus; somos um canal através do qual Jesus é incorporado em nosso mundo hoje.       

Os valores apresentados na Palavra de Deus servem de luz e orientação para que possamos discernir as coisas que agradam ou não a Deus. Frequentar lugares onde predominam o estímulo aos prazeres da carne e toda sorte de vícios e pecados, nunca foi e nunca será um local adequado onde um servo de Deus deva estar, mesmo que na intenção de se divertir. Além do mais, é importante lembrar aos seus alunos que o corpo deles é o templo do Espírito Santo. Deus habita em cada um de nós e espera que o nosso corpo seja apresentado em sacrifício vivo, santo e agradável a Ele para que possamos, de fato, experimentar a sua boa, perfeita e agradável vontade (cf. Rm 12.1,2).

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.