Lição 11 - Preservando a Salvação

1º Trimestre de 2020

A lição de hoje encontra-se em: Hebreus 12.2,3. 

Prezado(a) professor(a),

Na aula desta semana seus alunos terão a oportunidade de aprender um pouco mais a respeito da salvação. Como já comentamos em lições anteriores, a salvação é resultado da graça de Deus que intervém na vida do pecador, trazendo-o de volta à comunhão com o seu Criador (cf. Ef 2.8). Entretanto, o salvo tem a responsabilidade de viver uma vida santa de acordo com os preceitos da Palavra de Deus.

Temer a Deus é uma importante lição que seus alunos devem aprender desde cedo. A salvação é preservada na vida do crente à medida que este vence as tentações e permanece no Senhor. Para tanto, deve obedecer ao ensinamento deixado por Cristo aos seus discípulos no tocante à vigilância e à oração (cf. Mt 26.41). De acordo com Eurico Bergstén (1999, pp. 200-01):

“O crente deve vigiar. A Bíblia diz: ‘Bem-aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu’ (Ap 16.15). Embora sejamos salvos e tenhamos nossos pés colocados sobre a Rocha (cf. Sl 40.2; Mt 7.24,26), devemos reconhecer a nossa inteira dependência de Deus e pedir: ‘Guardem-me continuamente a tua benignidade e a tua verdade’ (Sl 40.11). Precisamos vigiar e orar (cf. Mt 25.33; Ef 6.18; 1 Pe 4.7) em todo o tempo (Lc 21.36), diante dos ataques constantes do Diabo (cf. 1 Pe 5.8). Nosso espírito está pronto, mas nossa carne é fraca (cf. Mt 26.41). Jesus, porém, prometeu que se o pai da família vigiar por causa do ladrão, a sua casa não ficará minada (cf. Mt 24.43). Deus ajuda ao que vigia.

[...] Um propósito firme gera firmeza de coração, a qual proporciona poder sobre a vontade própria (cf. 1 Co 7.37). Foi com esse propósito que Daniel ficou firme e fiel a Deus no palácio da Babilônia (cf. Dn 1.8). Foi também com esse propósito que Rute decidiu não se afastar da sua sogra Noemi, quando esta pretendia voltar à Terra Prometida (cf. Rt 1.16-18). Esse propósito firme não significa que o crente tem de lutar com o seu próprio poder. A Bíblia diz que Deus cumpre ‘com poder todo propósito de bondade e obra de fé’ (2 Ts 1.11 – ARA). O mesmo Deus que opera o querer opera também o efetuar (cf. Fp 2.13). É Ele quem nos aperfeiçoa para que façamos a sua vontade, operando em nós o que lhe é agradável (cf. Hb 13.21). Dessa maneira o crente se torna forte para resistir ao Diabo (cf. Tg 4.7), que assim fugirá. O crente recebe força de Deus para se ‘enfrear’ (cf. Sl 39.1) e fugir do mal (cf. 1 Tm 2.22), assim se conservando no caminho do Senhor (cf. 1 Jo 5.18)”.

Com base nessas informações, converse com seus alunos a respeito do que eles têm feito para se distanciar do mal e não pecar. Explique que Deus estará presente em todos os momentos para ajudá-los no que for necessário, mas é extremamente importante que cada um faça a sua parte e vigie.

Tenha uma boa aula!

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.