Lição 11 - O Fim do Mundo?

3º Trimestre de 2020: Subsídio Especial

A lição de hoje encontra-se em: Lucas 21.11, 25-27; Mateus 24.13; Jeremias 4.24, 26.

Olá prezado(a) professor(a),

Na lição desta semana seus alunos aprenderão que estamos vivendo os últimos dias descritos na Bíblia. Esses dias seriam “dias trabalhosos”, um tempo de muita angústia e perseguição aos servos do Senhor. Mas todas essas coisas são o prenúncio de um grande acontecimento: a Segunda Vinda de Cristo. Diante de tais acontecimentos que têm chocado a humanidade não resta dúvida de que a Palavra de Deus está se cumprindo e os pré-adolescentes devem estar conscientes de que precisam preservar a comunhão com Deus, pois a qualquer momento, num “abrir e fechar de olhos”, podemos estar com o nosso Salvador nos céus. A aula desta semana serve não apenas de esclarecimento, mas também de encorajamento para os pré-adolescentes permanecerem firmes na presença do Senhor.

Em primeiro lugar é importante destacar que os dias difíceis sempre fizeram parte da história dos servos de Deus. O próprio Jesus avisou que a igreja enfrentaria tempos difíceis, o que foi confirmado pelos apóstolos por intermédio das Cartas que escreveram (cf. 2 Tm 3.1; 2 Pe 3.1-9). Estamos vivendo esses dias difíceis, pois é perceptível a falta de compromisso com as Escrituras Sagradas. Muitos servos de Deus já não demonstram compromisso com a verdade eterna, outros abandonaram a fé e já vivem só de aparência de piedade, mas negam a verdade com as suas ações.

O mestre avisou que o Dia da sua Vinda para buscar a Igreja lavada e remida em seu sangue não deveria surpreender os salvos, pois os sinais avistados nestes últimos dias confirmariam que o tempo está próximo e, portanto, os crentes devem preservar sua comunhão com o Salvador (cf. Lc 21.34). A Bíblia de Estudo Pentecostal (CPAD, 1995, p. 15554) admoesta:

Jesus termina sua mensagem profética, admoestando seus seguidores para não deixarem dominar pelos prazeres e cuidados deste mundo, pois, do contrário, estarão despreparados para a vida. (1) Suas palavras dirigidas a todo o povo de Deus, em todos os tempos, e não apenas aos que viverem nos dias finais da tribulação. O requisito da fidelidade espiritual é vital, levando em conta o ensino de Jesus, afirmando que Ele voltará para buscar os crentes fiéis num momento inesperado. Como não se pode determinar o momento da sua vinda para buscar a igreja, os crentes devem sempre estar prontos (ver Mt 24.40, 42 notas; Jo 14.3 nota). (2) Cristo, ao arrebatar os salvos (1 Ts 4.16,17), livra-os da “ira vindoura” (1 Ts 1.10),  a fim de que possam “evitar todas essas coisas que hão de acontecer” aqui na terra (vv. 35, 36; cf. vv. 25, 26; ver Ap 3.10 nota).

Diante de tais acontecimentos que ocupam boa parte do noticiário é prudente orientar seus alunos de que a Vinda do Senhor está próxima. E quanto mais se aproxima aquele Dia maior é a batalha espiritual para que o crente não se mantenha santo e obediente à Palavra de Deus. Por esse motivo é fundamental que seus alunos se ocupem com as boas práticas que fortalecem a vida espiritual como: a leitura da Bíblia de forma sistemática, isto é, livro por livro ou selecionada em temas específicos; oração contínua por si e pelos irmãos; jejum; e diálogo sobre assuntos espirituais. A Bíblia ensina que devemos pensar nas coisas que são do Alto. Compartilhe com seus alunos esta verdade bíblica e marque um jejum para que todos possam orar, buscar a Deus e, ao final, sanar algumas dúvidas sobre a Segunda Vinda do Senhor. 

Tenha uma boa aula! 

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.