Lição 11 - A Primeira Visita dos Anjos

1º Trimestre de 2019

Objetivo: Que o aluno creia que para Deus não existe nada impossível.

Ponto central: Para Deus tudo é possível.

Memória em ação: “Será que para o Senhor há alguma coisa impossível? [...]” (Gn 18.14).

Querido (a) professor (a), estamos quase finalizando o tema do nosso trimestre, e ao seguir “Conhecendo o Livro do Começo”, vamos nos aprofundar um pouco mais na história de Abraão.

Reflita como é importante para os seus alunos, desde já, conhecerem e se inspirarem naquele que, nas Escrituras Sagradas, foi chamado de “Pai da fé” (Cf. Tg 2.21)! Como esta mesma passagem nos ensina, a fé não pode ser apenas expressa em palavras, ela também precisa de AÇÕES que a evidenciem. Compreender ou apenas dizer crer não é o bastante. Até porque ao longo das nossas vidas, e até mesmo em nosso dia a dia, somos constantemente desafiados a pôr a fé em PRÁTICA. 

A princípio, pode parecer complexo Ilustrar algo abstrato como a FÉ para as crianças, mas na verdade elas têm um coração muito fértil e inclinado a crer no invisível, no improvável e até mesmo no impossível.  Por essas e outras Jesus disse que delas são o Reino dos Céus (Cf. Mt 19.14). E que mesmo nós, adultos, precisamos nos tornar como crianças: humildes e receptivas à fé (Cf. Mt 18.3).

Neste momento, recorde de alguns “impossíveis” com os quais você já se deparou na sua história. A respeito de alguns, talvez você nem tenha conhecimento, pois podem ter antecedido ao seu nascimento. Sua mãe pode ter tido inúmeros livramentos durante sua a gestação ou mesmo antes. Afinal, quantos não são os filhos de mulheres diagnosticadas estéreis?! Quantos não são os “fetos” prognosticados pelos médicos que nem ao menos iriam nascer?! E tantas outras situações. Ou seja, antes mesmo de virmos ao mundo já vivemos milagres. Ao virmos ao mundo, já somos milagres! Você já refletiu sobre isso?!

Ao de trazer a memória essas verdade e nossas antigas experiências com o Deus do impossível, nossa fé é fortalecida para os desafios presentes e também para os que ainda hão de vir. Por isso, sugerimos que você procure alguns testemunhos de pessoas que receberam do Senhor um milagre, uma bênção que aos olhos humanos parece “impossível”, pode ser você ou membros de sua igreja mesmo. Seja cura de uma doença terminal, uma formação, um emprego, a restauração de um lar, etc. Com a permissão dessas pessoas, cite-as para as crianças. Quem sabe as convide por um momento breve ao final da aula ou leve fotos, o que o Senhor lhe direcionar. Mensalmente, o nosso jornal Mensageiro da Paz divulga testemunhos assim na página 20, caso você deseje levar alguns a apresentar à classe. O objetivo é que as crianças contemplem com seus próprios olhos que o Deus de Abraão não mudou! Ele ainda é o mesmo e opera impossíveis todos os dias!

Ao final da aula e deste momento específico, pergunte se as crianças têm algum pedido de oração, e todos juntos orem com fé ao Deus do impossível pelas causas apresentadas.

A cada aula, lembre-se sempre de reservar um momento para perguntar e incentivar seus primários a compartilharem testemunhos, respostas de oração e a agradecerem a Deus por uma bênção recebida. Tal como para nós, esses momentos também edificam nossos pequeninos, nos tornando cristãos mais fervorosos e gratos.

O Senhor te abençoe e capacite. Boa aula!

Paula Renata Santos
Editora Responsável pela Revista Primários da CPAD

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.