Lição 11 - Davi Torna-se Rei de todo Israel

4º Trimestre de 2019

Objetivo: Que o aluno compreenda que Deus sempre cumpre o que promete.

Ponto central: Existe um tempo certo para o cumprimento da promessa feita por Deus.

Memória em ação: “Vocês precisam ter paciência para poder fazer a vontade de Deus e receber o que Ele promete” (Hb 10.36).

Querido (a) professor (a), em nossa próxima aula vamos ensinar aos pequeninos sobre um assunto, que até mesmo para nós, adultos ansiosos, é muito difícil praticar – paciência. 

A Palavra de Deus nos ensina enfaticamente acerca da importância de crer, obedecer e esperar com paciência no Senhor. Ou seja, não basta apenas aguardar, precisa ser com PACIÊNCIA! 

Abaixo segue um trecho do Dicionário Bíblico Wycliffe acerca desta palavra que também é considerada sinônima de longanimidade, e, portanto parte fundamental do fruto do Espírito. 

Que ao ler estas linhas, estimado (a) professor (a), você reflita como anda seu coração em relação às promessas que tem esperado da parte de Deus, – se as tem aguardado murmurando, com a alma cheia de angustia, ansiedade e preocupação ou em paz, tendo a capacidade de aproveitar as bênçãos que Ele já te deu para usufruir no agora. 


[...] Nos Salmos 37.7 e 40.1 as palavras hebraicas hul e qawa foram respectivamente traduzidas como "esperar pacientemente" e em Eclesiastes 7.8, a palavra 'arek (anseio) foi empregada para descrever alguém que possui um espírito paciente. 

No NT, quatro palavras gregas foram traduzidas de alguma maneira relacionada à paciência. A palavra grega makrothumia é a qualidade de suportar um longo sofrimento (Mt 18.26,29). 

De acordo com Crisóstomo, makrothumia descreve o homem que é plenamente capaz de se vingar, mas recusa-se a fazê-lo. Também foi traduzida como "longanimidade" como uma qualidade de DEUS (Rm 2.4; 2 Pe 3.9) e como o fruto do ESPÍRITO SANTO (Gl 5.22). 

A palavra grega hypomone foi descrita por William Barclay, na obra A New Testament Wordbook (Londres. SCM Press Ltd., 1956, p. 59), como "uma das mais nobres palavras do NT". Seu significado básico é o de resistir (Hb 12.1), uma qualidade que permite ao homem suportar as adversidades e provações (Rm 12.12). 

Enquanto makrothumia (lê-se Mácrosímia) está mais corretamente relacionada às pessoas, hypomone fala sobre a paciência em relação às circunstâncias difíceis. Essa palavra não retrata uma paciência submissa ou passiva que está irremediavelmente resignada ao seu destino infeliz; ao contrário, ela é uma resistência ativa marcada pela esperança e pela segurança (1 Ts 1.3). Barclay ainda acrescenta que esta é a "qualidade que mantém um homem sobre seus pés, com a face voltada para o vento" (p. 60). Um exemplo desse tipo de paciência é Jó, que suportou as aflições que lhe sobrevieram (Tg 5.11).

A terceira palavra traduzida como "paciência" é epieikes (1 Tm 3.2,3), que descreve uma atitude bondosa, condescendente, razoável e conciliadora, e que não insiste em seus direitos (Barclay, p. 38ss.). 

O quarto termo, anexikakos (2 Tm 2.24), significa, literalmente, "suportar sob o mal" e assim expressa o tipo de paciência que suporta o mal sem ressentimentos (Arndt). Veja Tolerância; Longanimidade; Perseverança. 

Renove sua paciência no Senhor! Jesus lhe abençoe e capacite. Boa aula.

Paula Renata Santos
Editora Responsável pela Revista Primários da CPAD 

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.