Lição 2 - Deus fala com José, o Noivo de Maria

1º Trimestre de 2020

OBJETIVO: Que o aluno compreenda que Deus fala conosco.

PONTO CENTRAL: Deus fala conosco de diferentes maneiras.

MEMÓRIA EM AÇÃO:[...] Se obedecermos ao Senhor, tudo correrá bem para nós” (Jr 42.6).

Querido (a) professor (a), por uma série de questões, geralmente no início de cada ano a maioria das pessoas tende a ficar ansiosa pelo que deseja que aconteça ou mesmo angustiada pelo enorme número de metas que esperam atingir. 

Mas lembre-se que esta marcação de tempo linear, apesar de útil, é uma mera invenção humana. O tempo do Senhor é diferente, ele não segue a nossa agenda, lógica ou ritmo. Trata-se do “kairós”, em grego: καιρός, isto é, "o momento oportuno", "certo" ou "supremo". A palavra “supremo” por sua vez no dicionário da língua portuguesa refere-se ao que está acima de qualquer coisa; ao que pertence a Deus, portanto, o tempo divino. Como bem diz as Escrituras: “Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia” (2 Pe 3.8).

Você confia no tempo do Senhor? Confia que a hora dEle é perfeita e Ele não se atrasa? Crê que Ele não volta atrás em suas promessas, ainda que algumas vezes as julguemos demoradas?! Lance sobre o Senhor toda a sua frustração, angustia e ansiedade, porque Ele certamente tem cuidado de você (1 Pe 5.7).

Sugerimos que antes da lição e prática do conteúdo sugerido em sua revista, você bata um papo com seus primários sobre as expectativas e pedidos de oração deles para este novo ano. Momentos como esse são muito importantes não apenas espiritualmente, mas também para que você conheça a vida de seus alunos e estreite seus laços com eles. 

Em seguida, ore por todas as questões apresentadas, pedindo que o Senhor cuide de cada uma, e dê a todos a paz que excede todo o entendimento, cientes de que o Deus Todo-Poderoso é quem os abençoará e proverá todas as suas necessidades. Enfatize que basta que ouçamos a sua voz e o obedeçamos que tudo correrá bem para nós (Jr 42.6). Aproveite para trabalhar o “Memória em Ação”.

Antes de introduzir a história pergunte a eles: Como nós podemos ouvir a Deus? Deixe que se expressem e esteja atento ao que disserem para esclarecer o que julgar necessário. Explique que o Senhor fala conosco de muitas maneiras: usando o pastor durante a pregação, o professor ao contar a história bíblica, ao lermos a Bíblia, que é a Palavra de Deus, ou mesmo através abraço do colega, uma palavra amiga, através de sonhos, ou de um corinho, etc. 

Escreva em tiras de papel algumas frases e versículos que estejam alinhados com o objetivo e ponto central proposto para esta aula – Deus fala conosco de muitas maneiras! Após a história, sugerimos a brincadeira de “Telefone sem fio”. 

Oriente que uma criança por vez inicie a brincadeira, pegando uma tira de papel sortida aleatoriamente, sem deixar que os demais leiam. O mais baixo possível, essa criança falará apenas ao ouvido do colega ao lado, da mesma forma o que recebeu a mensagem e assim sucessivamente, até a última criança da ponta, que falará em voz alta a frase como chegou aos seus ouvidos. Para dinamizar, é importante que ninguém repita, passe adiante apenas uma vez a parte que entendeu. 

Ao final, compare com a mensagem original e veja as prováveis diferenças. Enfatize o quanto é importante que os nossos ouvidos espirituais estejam bem aguçados e atentos para entender perfeitamente a voz e mensagem do Senhor para nós. Ore com eles por isso. De maneira lúdica, seus alunos estarão absorvendo e fixando melhor o objetivo proposto para esta aula.  

O Senhor lhe abençoe e capacite! Boa aula!

Cadastre-se e receba ofertas e novidades por e-mail.