O Que é um Currículo

Lições Bíblicas | Escola Dominical

A Escola Dominical corresponde a um espaço de aprendizado e reflexão sobre os diferentes temas bíblicos e doutrinários que são fundamentais para a saúde da igreja. Diferente de outras reuniões, a Escola Dominical trata-se de um estudo sistemático em sala de aula. Nela, o aluno aprende a pesquisar, conceituar (significar), relacionar, interpretar e aplicar as Escrituras Sagradas em sua vida cotidiana.

Currículo

O termo currículo vem do latim curriculum, que significa o ato de correr, curso, caminho a ser percorrido. De acordo com Elmer L. Towns, “tecnicamente, um currículo é um trajeto de estudos que é organizado para guiar o aluno a objetivos específicos, por meio do uso apropriado de conteúdos, experiências, recursos de ensino, influência do professor, aplicação e motivação” (Enciclopédia da Escola Dominical. Rio de Janeiro: CPAD, 2017). De modo geral, o currículo é a organização dos conteúdos que deverão ser ensinados aos alunos de forma progressiva e evolutiva de acordo com as faixas etárias. O currículo da Escola Dominical tem como proposta o ensino da doutrina bíblica para o desenvolvimento da fé e formação do caráter cristão.

Qual a necessidade de se ter um currículo?

A organização dos conteúdos em forma de um currículo para a Escola Dominical facilita a execução dos trabalhos realizados em sala de aula. Haja vista que o processo de ensino-aprendizagem tem por natureza o desenvolvimento do aluno, assim, também, o planejamento de ensino precisa estar organizado em objetivos, conteúdos, etapas e períodos bem definidos. A realização eficiente do ensino na Escola Dominical começa com um planejamento bem elaborado, sem o qual, professores e alunos ficam a mercê do improviso. Vale destacar que o currículo de Escola Dominical é constituído de um propósito de formação e, portanto, requer progressão e adaptação no estudo dos conteúdos para cada faixa etária. Portanto, ter um currículo, torna a Escola Dominical mais eficiente e pedagogicamente adequada.

Qual o tempo de duração de um currículo?

O currículo de Escola Dominical está organizado em três segmentos: infantojuvenil (do berçário aos juvenis, jovens e adultos). O segmento infantojuvenil foi desenvolvido em dois ciclos fechados com a duração de dois anos (ano 1 e ano 2); com exceção da faixa etária dos juvenis, que são três anos. À medida que o aluno cumpre o ciclo, é transferido de classe, aprendendo assim todo o conteúdo do currículo, de acordo com a sua faixa etária. Assim como acontece nas escolas seculares, é o aluno que cumpre o currículo.

Nas classes de Jovens e Adultos, a proposta pedagógica obedece a critérios diferentes, porquanto não é elaborada em ciclos, e sim por temáticas que contemplam a teologia bíblica e sistemática, indispensáveis para o conhecimento e amadurecimento da fé cristã, tendo como base norteadora a Declaração de Fé das Assembleias de Deus no Brasil, elaborada pela CGADB. É importante destacar também que o currículo de Escola Dominical não tem prazo de validade definido. Como estão organizadas as faixas etárias do currículo de Escola Dominical de modo que o aluno estude todos os conteúdos?

Para que o aluno tenha acesso a todos os conteúdos do currículo é fundamental que a transferência de classe seja feita no momento certo. As classes devem estar divididas de acordo com as faixas etárias: Berçário (0 a 2 anos); Maternal (3 e 4 anos); Jardim de Infância (5 e 6 anos); Primários (7 e 8 anos); Juniores (9 e 10 anos); Pré-adolescentes (11 e 12 anos); Adolescentes (13 e 14 anos); Juvenis (15 e 17 anos). À medida que o aluno atinge a idade, deve ingressar na classe que corresponde à sua faixa etária no primeiro mês do novo trimestre. As classes de Jovens (a partir de 18 anos) e adultos (idade indefinida), como mencionado anteriormente, não estão organizadas em ciclos e, portanto, não obedecem a este critério.